RRR: Bollywood Faz Seu AVENGERS. Com Música, Efeitos Especiais e Originalidade

O cinema feito na Índia há muitos anos é numeroso, talentoso, de sucesso e com uma estética absolutamente própria. O pólo de produção ganhou o apelido de Bollywood. Anos atrás, QUEM QUER SER UM MILIONÁRIO – feito na índia, com sua estética própria, pelo inglês Danny Boyle, ganhou o Oscar.

A NETFLIX está exibindo RRR (RISE, ROAR, REVOLT), uma superprodução de Bollywood, com 3 horas e 7 minutos de filme, dirigido pelo produtor, roteirista e diretor S.S.Rajamouli.

O filme é um sucesso mundial, teve um público fantástico em seu País, ganhou prêmios e reconhecimento em festivais internacionais, esteve em várias listas de melhores de 2022, e deve estar em diversas categorias do Oscar, inclusive melhor canção.

É um filme muito diferente de tudo o que estamos acostumados a ver.

Conta a história de dois jovens hindus que se colocam em campos opostos. Um vê uma menina de sua tribo ser arrancada dos braços da mãe pelo cruel governador inglês e sua mulher, nos anos que antecederam à independência da ïndia. Vai dedicar sua vida de guerreiro a encontrar e libertar sua pequena irmã. O outro é um guerreiro muito capacitado que vira soldado inglês e recebe a missão de identificar e matar o primeiro, uma real ameaça ao governador e seu reinado de terror.

Embora sua originalidade absoluta, há muitas influência facilmente identificáveis em RRR. Há dezenas de filmes sobre as crueldades do colonialismo europeu na África, América Central e Oriente. A obra prima LAWRENCE DA ARÁBIA ou o aventureiro CAPITÃO BLOOD são exemplares ilustres.

As monumentais batalhas entre exércitos inimigos – hoje muito facilitadas pelos efeitos digitais de última geração – atingiram seu auge na franquia AVENGERS. Mocinhos e bandidos se enfrentam em campo aberto, em lutas sanguinárias de feições épicas. Dá muita saudade de SPARTACUS e a batalhas analógicas do genial Kubrick.

Os efeitos especiais de última geração são outro destaque obrigatórios. Quase todas as cenas recebem um “empurrãozinho” dos computadores. De animais a incêndios e explosões. A cena do salvamento na ponte é incrível. O visual das cenas fica muito impactante apara o espectador.

Há uma quantidade enorme de méritos em RRR. Acho que conquistou fama por seus méritos inegáveis.

Uma certa poesia na fábula de vingança e libertação trazida à tela nos fascina e fica fácil decidir de que lado se está. Até porque o governador inglês e sua incrivelmente cruel esposa (que tem um chicote especial para torturar indianos) são os próprios estereótipos do mal que o colonizador simboliza.

Claro que volta e meia, todo mundo começa a dançar e cantar, ao melhor estilo Bollywood.

Não sei se RRR vai estar entre os melhores filmes que você viu recentemente. É uma questão de gosto.

Mas que sua originalidade e seus méritos são incontáveis, isto é induvidoso.

Bollywood conseguiu outro êxito internacional marcante e meritório.

The cinema made in India for many years is numerous, talented, successful and with an absolutely unique aesthetic.

The production pole earned the nickname of Bollywood.

Years ago, WHO WANTS TO BE A MILLIONAIRE – made in India, with its own aesthetic, by Englishman Danny Boyle, won an Oscar.

NETFLIX is showing RRR (RISE, ROAR, REVOLT), a Bollywood blockbuster, 3 hours and 7 minutes of film, directed by producer, writer and director S.S.Rajamouli.

The film is a worldwide success, had a fantastic audience in its country, won awards and recognition at international festivals, was on several lists of the best of 2022, and should be in several Oscar categories, including best song.

It is a film very different from what we are used to seeing.

It tells the story of two young Hindus who put themselves in opposing camps.

One sees a girl from his tribe ripped from her mother’s arms by the cruel English governor and his wife in the years before India’s independence. He will dedicate his life as a warrior to finding and freeing his little sister.

The other is a very capable warrior who becomes an English soldier and receives the mission to identify and kill the first, a real threat to the governor and his reign of terror.

Despite its absolute originality, there are many easily identifiable influences on RRR.

There are dozens of films about the cruelties of European colonialism in Africa, Central America and the East. The masterpiece LAWRENCE OF ARABIA or the adventurer CAPTAIN BLOOD are illustrious examples.

The monumental battles between enemy armies – now greatly facilitated by state-of-the-art digital effects – reached their peak in the AVENGERS franchise. Good guys and bad guys face each other in the open, in bloodthirsty fights of epic features. I really miss SPARTACUS and the analogue battles of the brilliant Kubrick.

State-of-the-art special effects are another must-have highlight. Almost every scene receives a “little push” from the computers. From animals to fires and explosions. The rescue scene on the bridge is incredible. The visuals of the scenes are very impressive for the viewer.

There are an enormous amount of merits in RRR. I think it gained fame on its undeniable merits.

A certain poetry in the fable of revenge and liberation brought to the screen fascinates us and it is easy to decide which side one is on. Especially because the English governor and his incredibly cruel wife (who has a special whip to torture natives) are the very stereotypes of the evil that the colonizer symbolizes.

Of course, every now and then, everyone starts dancing and singing, in the best Bollywood style.

I don’t know if RRR is going to be among the best movies you’ve seen recently. It is a matter of taste.

But that RRR’s originality and several merits must be praised, it is for sure.

Bollywood made another huge international success. With merits.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s