IRMA VEP: Cinema, Paixões e Divas na Nova Série da HBO

O merecidamente incensado cineasta Olivier Assayas (PERSONAL SHOPPER e THE CLOUDS OF SILS MARIA) criou e dirige os oito capítulos da série IRMA VEP, em cartaz no HBO MAX.

Um atriz americana está em Paris filmando uma série que recria um filme clássico, LES VAMPIRES. Ali ela vai trabalhar, amar e viver todas as suas inseguranças.

A ótima e oscarizada atriz sueca Alicia Vikander vive a atormentada protagonista Mira, uma super star, assediada pela imprensa e ainda traumatizada pelo fora que levou da namorada Laurie (Adria Arjona), sua ex-assistente, hoje namorada do diretor do último filme de Mira, o polemista Herman (Byron Bowers).

O primeiro capítulo mostra o talento de Olivier Assayas. A trama tem tudo de bom. Mostra o processo criativo do cinema, as dificuldades de uma produção, o glamour de Paris e a tensão (e sensualidade) das paixões.

Gostei muito deste primeiro episódio. A meta linguagem (o filme dentro do filme) funcionou à perfeição.

O padrão HBO de excelência ajudou bastante, Há muitas cenas de tirar o fôlego. Os duelos verbais entre Mira e Laurie são deliciosos.

Vamos ver onde tudo vai dar. Por enquanto em uma bela série.

Deservedly celebrated filmmaker Olivier Assayas (PERSONAL SHOPPER and THE CLOUDS OF SILS MARIA) created and directs the eight chapters of the IRMA VEP series, now on HBO MAX.

An American actress is in Paris filming a series that recreates a classic movie, LES VAMPIRES. There she will work, love and live all her insecurities.

The great and Oscar-winning Swedish actress Alicia Vikander plays the tormented protagonist Mira, a superstar, harassed by the press and still traumatized by the abuse she took from her girlfriend Laurie (Adria Arjona), her former assistant, now the girlfriend of the director of the last Mira’s film, the polemicist Herman (Byron Bowers).

The first chapter showcases the talent of Olivier Assayas. The plot is all good. It shows the creative process of cinema, the difficulties of a production, the glamour of Paris and the tension (and sensuality) of passions.

I really enjoyed this first episode. The meta language (the film within the film) worked flawlessly.

The HBO standard of excellence helped a lot. There are many breathtaking scenes. The verbal duels between Mira and Laurie are delicious.

Let’s see where it all goes. For now in a nice series.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s